Gosta de Luta de Robôs? Com uma excelente trama? Então o que espera pra ver GUNDAM WING?

Gundam Wing é bem grande. Conta com histórias cânone, spin offs e até mesmo alguns OVA. Ao sair no Brasil, tivemos a sorte de ter lançada boa parte desse material, que é composto por:


Salve galera como estão? O anime dessa semana faz parte de uma das séries mais famosas do Japão, mas que apesar disso, conta uma história totalmente independente dos demais (por isso não se preocupem, vocês não precisam ter assistido a nenhum outro para entendê-lo). Falamos da famosa série Gundam, sendo essa a saga Wing!

Origem:
Ela foi uma das sagas alternativas feitas para as comemorações dos 25 anos da franquia Gundam e foi escrita por Koichi Tokita, Katsuhiko Shiba, Hajime Yadate e Yoshiyuki Tomino no ano de 1995 e 96. Foi feito em apenas 3 edições (da história original) e além dos já famosos Mobile Suits, a história também tem um ótimo enredo, com tramas políticas, reviravoltas e claro muitas cenas de ação.


Mangá:
O material de Gundam Wing é bem grande. Conta com histórias cânone, spin offs e até mesmo alguns OVA.
Ao sair no Brasil, tivemos a sorte de ter lançada boa parte desse material, que é composto por:
Gundam Wing – A série original (aqui no Brasil, com 6 edições).

Gundam Wing: A batalha pela paz – Uma continuação da série, contando sobre a busca de uma base chamada Vulcanus (aqui no Brasil, com 2 edições).
Gundam Wing: Valsa Infinita – Conta a partir do final do “Batalha pela Paz”, quando eles se deparam com fantasmas do passado (aqui no Brasil, com 2 edições).
Gundam Wing: G Unit – Único Spin Off  totalmente independente da série original (mas que faz diversas referências a mesma) e conta uma história paralela ao confronto original, protagonizada por Adin e Odel Burnett (aqui no Brasil, com 6 edições).
Gundam Wing: Episódio Zero – Mostra a origem de boa parte dos protagonistas (além dos 5 pilotos dos Gundans). Infelizmente não foi lançada aqui. Feita por Katsuyuki Sumizawa (autor do Anime).
Gundam Wing Valsa Infinta: A Glória dos Perdedores (The Glory of Losers no original) – Apesar do nome, é apenas uma recontagem da história original com alguns acréscimos. Também feita por Katsuyuki Sumizawa.
Gundam Wing: Lágrima Congelada (Frozen Teardrop no original) – Se passa 30 anos depois dos acontecimentos de Gundam Wing. Pode ser considerada uma continuação da série. Feita também por Katsuyuki Sumizawa.

Curiosidade: chama atenção que depois de “Valsa infinita”, o autor oficial das histórias seguintes passou a ser o do anime, mas nenhuma das histórias que ele escreveu, viraram anime, vá entender...


Anime
A versão animada foi produzida pela Sunrise e dirigida por Masashi Ikeda e Katsuyki Sumizawa (este como o autor da adaptação para TV e como viram acima, autor de diversas continuações no mangá). A série animada conta com um total de 49 episódios + 3 do OVA Valsa Infinita. Foi produzida praticamente no mesmo período do mangá: entre 1995 e 1996.
Apesar de a franquia Gundam ser de longa data, contando com diversas séries, a Wing foi a única exibida aqui no Brasil, sendo transmitida pelo Cartoon Network e TV Diário, que exibiram tanto a série original como os 3 episódios do OVA.


Enredo (e nada de spoilers).
O ano é 195 DC (depois da colonização), onde o homem já havia desbravado o espaço e criado colônias que orbitam em volta da terra para morar. Sofrendo com alguns problemas de desordem, a Terra cria a Aliança da Esfera Terrestre Unida, com o intuito de manter a paz nas colônias, porém eles se tornam repressores, tirando a autonomia das mesmas.
As colônias, visando se libertarem dessa opressão, criam um plano audacioso chamado “Operação Meteoro” e lançam na terra 5 Gundans, com o intuito de destruir a organização OZ, que comanda de fato a Aliança.
Enquanto isso Relena Darlian, filha do ministro Darlian, chega a terra e acaba assumindo um protagonismo pela sua busca pelo fim pacífico do confronto e da dominação da Terra sobre as colônias.
Trilha Sonora
O anime conta com uma trilha sonora interessante, tendo como a minha favorita a segunda abertura (a qual poderão ver abaixo) chamada  Rhythm Emotion” e foi cantada pelo grupo pop Two-Mix (o mesmo que canta a primeira abertura Just Comunication).

Espero que tenham gostado, esse é sem dúvida um de meus animes favoritos de robôs (ou mobile suits, como preferirem) e não deixa nada a desejar também para quem curte uma boa trama.
Divirtam-se e até a próxima semana!







Sobre o Autor
Luiz Fernando Mutschele
fã de esportes, games, mitologia, ler, escrever e claro... de animes!
Um dos órfãos da extinta Tv Manchete e acredita que Cavaleiros é o melhor anime da história(porque é mesmo u.u) Estarei aqui semanalmente para mostrar desde animes famosos, até aqueles que vocês pensarão: "puxa, preciso assistir". 





Marcadores:

Postar um comentário

[facebook][blogger]

MKRdezign

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget